Scholastique Mukasonga

Scholastique presenciou os conflitos étnicos e políticos que dizimaram pelo menos meio milhão de conterrâneos ruandeses, incluindo sua mãe e dezenas de parentes. Escreveu as memórias “Inyenzi ou les Cafards” e os premiados “A mulher dos pés nus” e “Nossa Senhora do Nilo”, ambos publicados no Brasil.