Galpão da Horizonte

Agora tem!

Agora temos negros de destaque em lugares que lhes foram negados por tanto tempo no Brasil. Agora tem negro na academia, em altos cargos corporativos, no horário nobre da TV, na política, na literatura. Mas agora tem gente usando essas conquistas para negar o racismo, no país que foi o maior porto escravagista da história e onde mais de 20 mil jovens negros são assassinados por ano