Galpão da Horizonte

A Revolução que Não Fizemos

Crianças fazendo malabarismo no sinal, adolescentes com peito de pitomba trocando o corpo por um prato de comida e meninos com os corpos cobertos pela fuligem nas carvoarias não apenas denunciam a falência da civilização brasileira, mas abortam em seu nascedouro todas as profecias que anteciparam um futuro promissor para o país.

Antes da mesa, a atriz Natália Lage lerá trechos do romance “Identidades”, de Felipe Munhoz.